terça-feira, 23 de setembro de 2014

Ela chegou!



Ela tem dia marcado para chegar.
A precisão com que escolhe viver prende nossa atenção.
Enfim, algo sabido e planificado na imprevisibilidade da vida.

Mesmo confiante em sua beleza e  poder de sedução, pois não depende da hora de chegada para ser querida, espalha aos quatro ventos quando vai pousar. Um convite  para que suas vontades sejam atendidas em cada detalhe.

Gosta de ser observada, falada, cheirada, tocada.
Sua presença contagia e há uma tendência de nos  sentirmos um pouco ela. Mistério do tesouro que guarda.
  
Mas ela também passa pelos  efeitos do tempo. Não se  trata  exatamente do envelhecimento. O segredo de sua  beleza ultrapassa essa incontestável condição de nossa vida.

Então, faz do imprevisto nova regra para cativar, deixando seus amantes a digladiarem-se com a vontade de tê-la ao lado. Brinca com nossa paixão e pode adiar sua plena expressão. Ficamos aguardando o momento de abrir  a janela guiados pelo olhar de  sua beleza em  cada amanhecer.

Dias floridos com o sol a irradiar especial  luminosidade. Nosso olhar a mirar o céu azul com um confortante e colorido infinito. 

A primavera chegou!

Entre dilemas da vida que ignoram  a parada numa  estação, o alento para quem ousa  conviver com quem faz de seu tempo motivo para  existir e apaixonar.









Nenhum comentário:

Postar um comentário